As lesões no manguito rotador, grupo muscular formado pelos músculos supraespinal, infraespinal, subescapular e redondo menor, apresentam-se como importantes incapacidades funcionais do ombro, já que o manguito rotador tem o papel de agir na estabilidade, mobilidade e força desta articulação.

Dentre as lesões no manguito rotador, destaca-se a tendinite de supraespinal, músculo que tem como ação a abdução e estabilização do ombro. Alguns fatores podem estar relacionados a etiologia desta tendinite, entre eles, pode-se citar as alterações anatômicas, desequilíbrios musculares, traumas e movimentos excessivos que podem vir a causar degeneração e rupturas do tendão.

O paciente apresenta quadro de dor à elevação do braço contra resistência e dor na região ântero-lateral ao movimento de abdução.

A fisioterapia é indicada em todos os estágios da lesão (aguda ou crônica) e consistirá em aliviar o quadro álgico por meio de medidas analgésicas; identificação de possíveis elementos desencadeadores de sobrecarga no tendão; restauração da mobilidade articular e força muscular e auxílio na reparação tecidual.

Após diminuição da dor e equilíbrio muscular, o paciente pode ser liberado para retorno às atividades de vida diária nos níveis pré-lesão.

Por Luis Felipe Minechelli