Rua Aguapei, 46 - Jardim Anália Franco

Tatuapé - Zona Leste - São Paulo - SP

(11) 3123-5599

RE: 3434-SP

© 2023 by Appartdesign.com

Dr. Douglas Rocha Russo

Ortopedia e Traumatologia Especialista

em Cirurgia de Pé e Tornozelo

Fasceíte plantar tem como definição por um quadro de dor na região plantar próximo ao calcanhar, mais intensa logo na primeira pisada pela manhã e melhora parcialmente durante o decorrer do dia, está relacionada a sobrecarga na região do calcanhar, pode estar ligada a um esforço não usual numa pessoa sedentária que fez uma viagem e andou por muitas horas, um jovem que exagerou no treino de corrida ou pessoas que trabalham por muitas horas em pé.

         Geralmente os fatores determinantes são: formato do pé, pessoas com os pés cavos (altos), aumento do peso (sobrepeso ou obesidade), tipo de calçado (calçados muito baixos, rasteiros, sem amortecimento). O tratamento visa melhorar a flexibilidade do pé com alongamento, mudança do tipo de calçado, passar a utilizar calçados com amortecimento na região do calcanhar, ou elevação moderada do salto no caso das mulheres, diminuição do peso, sem atividades impacto, para não sobrecarregar o calcanhar. A grande maioria dos pacientes melhoram com essas medidas.

Os medicamentos anti-inflamatórios e analgésicos são utilizados, quando há muita inflamação, a infiltração local com corticóides também pode ser utilizada. Existe uma opção muito boa de tratamento que é o Tratamento por Ondas de Choque, em que consiste em estimular a região afetada através de ondas propagadas por pulsos regulares e constantes, utilizando um aparelho próprio, este método tem uma porcentagem de melhora de oitenta por cento do quadro doloros.

O tratamento cirúrgico só é utilizado numa minoria de pacientes e as técnicas artroscópica e minimamente invasiva, estarão indicadas. Concluindo: a fasceíte plantar tem tratamento e deve-se sempre procurar orientação do especialista em pé e tornozelo para iniciar o tratamento o mais precocemente possível.